Assistentes Sociais e Psicólogos se reuniram com TJMT para discutir a criação de concurso público

O Conselho Regional de Serviço Social 20ª Região (CRESS/MT), o Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso (CRP 18-MT) e o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca-MT) se reuniram nesta quarta-feira (29.08), com o presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), desembargador Rui Ramos Ribeiro e o vice-diretor-geral do TJMT, Eduardo Campos, para discutir a necessidade de reinserir assistentes sociais e psicólogos/as na carreira do TJ, requerendo criação de cargos para realização de concurso público e o fim do processo de terceirização.

A presidente do Cress/MT, Andréia Amorim, relembra que em outubro de 2017 os Conselhos Regionais de Serviço Social e Psicologia e a Associação Nacional dos Assistentes Sociais e Psicólogos da Área Sociojurídica (AaspBrasil) se reuniram com Eduardo Campos, para elencar preocupações com relação à garantia de um bom desempenho dos assistentes sociais e psicólogos/as que atuam no TJMT e em julho deste ano a entidade mandou um ofício pedindo uma resposta do TJ. Uma vez que 90% dos profissionais que atendem ao judiciário são contratados via credenciamento, um tipo de vínculo empregatício precarizado nas condições de trabalho.

“O encontro foi extremamente oportuno, o presidente Rui Ramos sinalizou favorável ao pleito das entidades, reafirmou ser um defensor de que o melhor caminho sem dúvidas é concurso. Os estudos de viabilidade ainda não foram finalizados e nos disseram que até dezembro devem ficar prontos. De modo que a proposta seja apreciada e aprovada no pleno, e, posteriormente o pedido possa ser requerido na Assembleia Legislativa”, disse Andreia Amorim.

A presidente do Cress reforçou ainda que é importante que o Tribunal conte com assistentes sociais e psicólogos/as do quadro próprio, em número suficiente para atender a grande demanda que surge nas diversas Varas do judiciário.

Participaram ainda da reunião a presidente do Cedca-MT, Lindacir Rocha Bernardon, as conselheiras do Cress/MT, Annelyse Cristine Cândido Santos e Silbene Santana de Oliveira e os representantes do CRP 18-MT, Erika e João Ricardo que atuam na psicologia jurídica.

Fonte: Assessoria de Imprensa Cress/MT – ÍconePress


publicado 29/08/2018 17:27 notícia