Conjunto CFESS-CRESS e categoria debatem agenda política das entidades

Espaço democrático e coletivo para fortalecimento da profissão. É dessa forma que o Conjunto CFESS-CRESS, ao longo das últimas quase quatro décadas, vem se constituindo como entidades representativas do Serviço Social brasileiro e de assistentes sociais.

Nesta perspectiva, estão sendo realizados, nos meses de julho e agosto, os Encontros Descentralizados do Conjunto CFESS-CRESS, espaços de debate e de construção da agenda política e das ações dos Conselhos.

São cinco Encontros Descentralizados no total, um para cada região do país, nos quais os CRESS de cada região dialogam com assistentes sociais de sua base e com o CFESS, sugerindo propostas nos eixos de ação já consolidados no Conjunto, para que sejam levadas para o Encontro Nacional CFESS-CRESS, maior espaço deliberativo da categoria. São propostas para os eixos da Ética e Direitos Humanos, Orientação e Fiscalização profissional, Formação, Comunicação, Gestão Administrativo-Financeira e Relações Internacionais.

A importância desses encontros tem crescido e tornado uma tendência que as assembleias convocadas pelos CRESS para eleição de delegados/as de direção e de base para o Encontro Nacional aconteçam antecedendo os Encontros Descentralizados. Essa prática, embora não seja obrigatória, ao se generalizar, tem permitido que as delegações dos estados já possam participar também desse momento preparatório no nível regional.

Em geral, há um rodízio entre os estados de cada região para organização dos Descentralizados, bem como para o Encontro Nacional. A única exceção é para o primeiro Encontro Nacional do triênio das gestões empossadas, que acontece sempre em Brasília (DF). Este ano, o 46º Encontro Nacional acontecerá na capital do país entre os dias 7 a 10 de setembro.

Já a agenda dos Descentralizados ficou assim:

  • Região Nordeste – Natal (RN), de 13 a 16 de julho); REALIZADO
  • Região Centro-Oeste – Campo Grande (MS), de 27 a 30 de julho;
  • Região Sul – Florianópolis (SC), de 3 a 6 de agosto;
  • Região Sudeste – Rio de Janeiro (RJ), de 3 a 6 de agosto;
  • Região Norte – Palmas (TO), de 10 a 13 de agosto.

O Conjunto CFESS-CRESS continuará utilizando a metodologia adotada nos últimos três anos, onde os Encontros são organizados no sentido de planejamento/proposição (2017), monitoramento (2018) e avaliação (2019) das deliberações e das ações do Conselho Federal e dos Conselhos Regionais de Serviço Social.

“A defesa do Projeto Ético-político profissional só se faz com gestões democráticas e transparentes. Nossa organização política e administrativa tem como elementos centrais a participação coletiva e o diálogo. Nesse sentido, as assembleias, os Encontros Descentralizados e o Encontro Nacional CFESS-CRESS são fundamentais para nossa aproximação com a categoria, para a construção de propostas e ações que caminham no sentido do fortalecimento da profissão”, destaca a presidente do CFESS, Josiane Soares, que, juntamente com as outras conselheiras da gestão, participa, dos Descentralizados e do Encontro Nacional.

 


publicado 26/07/2017 8:30 notícia