Cress/MT encerra programação especial de Dia do Assistente Social em Rondonópolis

O Conselho realiza palestra gratuita sobre combate ao racismo nesta sexta-feira (24.05), a partir das 13h, no Campus da UFMT

Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, é a última cidade a receber a programação especial em alusão ao Dia da/o Assistente Social, celebrado no último dia 15 de maio. O Conselho Regional de Serviço Social 20ª Região (Cress/MT) realizará na sexta-feira (24.05), a partir das 13h, palestra gratuita sobre combate ao racismo: “Se cortam direitos, quem é preta e pobre sente primeiro”, no Campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Segundo a presidente do Cress/MT, Andreia Amorim, os eventos ocorrem em um momento em que os direitos dos trabalhadores/as têm sido extremamente impactados pelo desmonte do Estado com as reformas trabalhista e da previdência. “Sabemos que pela origem escravocrata e colonial do nosso país os negros acabam sendo os mais prejudicados com esses desmontes. Por isso queremos incentivar a promoção de ações de combate ao racismo no cotidiano profissional de assistentes sociais, ampliando a percepção sobre as diversas expressões do racismo”, afirma.

A facilitadora e agente fiscal do Cress/MT, Daniella Campos falará sobre “Estratégias de fortalecimento e organização de Assistentes Sociais da região” e presidente do Conselho, Andréia Amorim, debaterá o tema: “Se cortam direitos, quem é preta e pobre sente primeiro. A gente enfrenta o racismo no cotidiano”.

De acordo com a porta voz da Comissão de Organização do Dia do/a Assistente Social, Tatiana Refosco, os eventos do Dia do/a Assistente Social tem o objetivo de reafirmar o compromisso da categoria no combate ao racismo, assim como propicia um momento de reflexão e debate sobre a atual conjuntura de retirada e ameaça aos direitos sociais.

“A cada ano fazemos um rodízio de cidades e este ano tivemos programação em Cuiabá e Cáceres. Encerramos em Rondonópolis e convidamos os profissionais da região a participarem do evento e a virem debater este importante tema. O combate ao racismo vai ao encontro dos princípios do nosso Código de Ética, ao colocar o trabalho da categoria em defesa dos direitos de toda classe trabalhadora e denunciar todo tipo de opressão e exploração”, afirma.

As inscrições são gratuitas e serão realizadas no local do evento a partir das 13h. As vagas são limitadas.

PROGRAMAÇÃO

24/05/2019 (Sexta-feira)

Local: UFMT – Universidade Federal de Mato Grosso

13h – Credenciamento

13h30 – “Estratégias de fortalecimento e organização de Assistentes Sociais da região”.

Facilitadora: Daniella Campos (CRESS/MT)

16h – Mesa: “Se cortam direitos, quem é preta e pobre sente primeiro. A gente enfrenta o racismo no cotidiano”


publicado 23/05/2019 11:29 notícia