Cress/MT participou de reuniões sobre educação e formação em Serviço Social na UnB

O Conselho Regional de Serviço Social 20ª Região (Cress/MT) participou entre os dias 11 a 14 de abril da Reunião do Fórum Nacional em defesa da Formação e do Trabalho com qualidade em Serviço Social e do III Encontro Nacional de Educação (ENE), em Brasília (DF).

O Fórum Nacional, que aconteceu no dia 11 de abril na Universidade de Brasília (UnB), contou com a participação das entidades que compõem a coordenação colegiada do Fórum – Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (Abepss), Executiva Nacional de Estudantes de Serviço Social (Enesso) e Cress/RJ – e demais conselhos regionais de todo o Brasil.

A reunião contou com uma análise de conjuntura realizada pela professora da Universidade Federal Fluminense (UFF), Eblin Farage. Posteriormente ocorreram diálogos sobre os seguintes pontos: campanha contra a precarização da formação profissional em Serviço Social; diretrizes político-pedagógicas para a formação a respeito das relações étnico-raciais; Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade); preceptoria na graduação em Serviço Social; supervisão de estágio e estágio na pós-graduação.

A próxima reunião do fórum será nos dias 12 a 14 de dezembro, na véspera da Oficina Nacional da ABEPSS, em Campinas (SP). Na ocasião será discutido: a análise de conjuntura; avaliação da campanha; próxima coordenação do Fórum; monitoramento e síntese das ações.

Já o Encontro Nacional ocorreu nos dias 12, 13 e 14 de abril, também na UnB, com o tema “Por um projeto classista e democrático de educação”. O objetivo foi o de aprofundar o diagnóstico do projeto do capital para a educação e construir o Plano Nacional de Educação da classe trabalhadora

Para tanto foram realizadas discussões sobre os eixos: Organização da Classe Trabalhadora; Conhecimento, Currículo e Avaliação; Formação de trabalhadores da educação; Trabalho na Educação e Condições de Estudo;  Universalização da Educação, Acesso e Permanência;  Gestão/Organização do Trabalho Escolar;  Gênero, Sexualidade, Orientação Sexual e Questões Étnico-Raciais;  Financiamento da Educação. Os debates foram sistematizadas em relatórios e sintetizadas na Carta do III ENE.

Para a conselheira e coordenadora da Comissão de Formação Profissional do Cress/MT, Suzi Costa, a presença nos dois espaços expressa a preocupação e compromisso do conselho em participar, divulgar e fortalecer estratégias de enfrentamento a precarização e aligeiramento da formação.

“Para isso é preciso articular as diferentes entidades representativas da categoria profissional juntamente com as unidades de formação acadêmica. E a estratégia de realizar a reunião do fórum antes do III ENE contribuiu para a participação de conselheiras. Além de ter auxiliado a pensar desafios e estratégias para a formação de assistentes sociais de forma articulada com os desafios e estratégias coletivas da categoria para a política de educação no atual cenário”, apontou.

Assessoria de Imprensa Cress/MT – ÍconePress


publicado 18/04/2019 18:08 notícia