Cress/MT participou do 48º Encontro Nacional CFESS-CRESS realizado em Belém (PA)

Delegação do Cress/MT no 48º Encontro Nacional CFESS-CRESS

O evento, que é o fórum máximo deliberativo de assistentes sociais no país, definiu prioridades de ação em cada eixo temático para as gestões dos Conselhos em 2020.

Entre os dias 05 a 08 de setembro a delegação do Conselho Regional de Serviço Social 20ª Região (Cress/MT) participou do 48º Encontro Nacional CFESS-CRESS realizado em Belém (PA). O evento, que é o fórum máximo deliberativo de assistentes sociais no país, reuniu cerca de 300 participantes das gestões e da base, eleitos/as nas assembleias em todos os estados e Distrito Federal, para debater o conjunto de deliberações que pautam as ações dos conselhos.

Em 2019, o tema do evento foi “A voz resiste, a fala insiste. Quem viver verá!”, em referência à música Não leve flores, de Belchior.  De acordo com a metodologia de trabalho do evento, organizada para o triênio 2017-2020, esta edição do Encontro Nacional teve a tarefa de avaliar as ações planejadas em 2017, seu cumprimento, dificuldades e desafios em cada eixo temático (orientação/fiscalização profissional, comunicação, ética/direitos humanos, seguridade social, formação/relações internacionais e administrativo-financeiro).

Dia do/a Assistente Social 2020

A categoria deliberou e aprovou também a temática para as comemorações do Dia do/a Assistente Social 2020: A valorização do Serviço Social no contexto de ataque às liberdades democráticas e aos direitos, com ênfase na dimensão pedagógica do trabalho profissional na organização popular e na luta antirracista. A partir deste tema, será desenvolvida uma campanha e um slogan especialmente para a data.

Delegados/as aprovam as mudanças no Código Eleitoral (foto: Rafael Werkema/CFESS)

Voto online

As próximas eleições do Conjunto CFESS-CRESS ocorrerão em 2020 e, a partir de então, serão feitas por meio de voto pela internet. Para que isso acontecesse o Código Eleitoral do Conjunto (Resolução CFESS nº 659/2013) foi atualizado em Plenária deliberativa realizada durante o 48º Encontro Nacional.

Os/as assistentes sociais considerados/as aptos/as a votar nas próximas eleições do Conjunto receberão login e senha no e-mail previamente cadastrado, para acessar o ambiente virtual, no qual constarão as listagens com as chapas candidatas, a legislação referente ao processo eleitoral e no qual cada profissional elegerá a chapa de sua preferência para o CRESS/Seccional e para o CFESS.

Em breve, as regras e o calendário eleitoral serão divulgados pelo site do CFESS, pelos perfis nas redes sociais e pelos CRESS de todo o Brasil, assim como o Código Eleitoral atualizado.

Momento da leitura e aprovação da Carta de Belém (PA)

Carta de Belém

Em todo Encontro Nacional, a plenária final aprova um documento político, com a síntese das reflexões e posicionamento da categoria, elaborado por uma comissão escolhida para essa função. Em 2019, a Carta de Belém (clique aqui para ler), foi lida pelo grupo de assistentes sociais que a elaboraram, destacando a defesa da preservação da Amazônia, reafirmando a necessidade urgente da reforma agrária e pela demarcação das terras dos povos originários (indígenas, quilombolas) e a defesa dos direitos da população brasileira.

Participantes avaliam

Para a conselheira do Cress/MT, Tatiana Refosco, o primeiro dia, que trouxe debates importantes sobre as conjunturas cada vez mais adversas, foi importante, pois direcionou as discussões dos eixos.

“Neoconservadorismo, as contrarreformas da seguridade social e os desafios para o trabalho de assistentes sociais foram alguns dos pontos debatidos nos eixos temáticos. Além disso, o voto online para as próximas eleições do Conjunto CFESS-CRESS foi um grande marco. Uma nova modalidade que vem para aperfeiçoar e modernizar o processo. Um sonho da categoria e que agora foi concretizado”, pontuou.

Já a coordenadora da Comissão Sociojurídica do Cress/MT e conselheira, Silbene Santana de Oliveira, destacou a importância do evento, que avaliou as ações planejadas.

“Foi um evento muito produtivo, com discussões importantíssimas. A nossa delegação foi bastante ativa, pontuando a realidade em nosso Estado. Inclusive tivemos uma moção aprovada em que repudiamos o decreto do governador, Mauro Mendes, que autorizou o porte de arma de fogo aos agentes de segurança do Sistema Socioeducativo de Mato Grosso. Nós, assistente sociais, não somos a favor dessa atitude. Além disso, a carta de Belém fechou com chave de ouro esse evento, que não poderia ter ocorrido em outro lugar. No momento em que a Floresta Amazônica sofre com as queimadas, nós mais uma vez reforçamos nosso projeto ético-político. Em defesa da preservação da Amazônia, reafirmando a necessidade urgente da reforma agrária e pela demarcação das terras dos povos originários”, ressaltou.

A conselheira do Cress/MT, Suzi Costa, parabenizou o CFESS e o Cress/PA pela organização do último encontro nacional do triênio 2017-2020, pela riqueza das apresentações culturais e, em especial, pela chamada “Vem ver o peso da Nossa Amazônia”.

“Foi um evento para dialogar sobre os desafios e tarefas do Conjunto CFESS-CRESS no território amazônico, principalmente neste momento de aumento expressivo do desmatamento, devastação da biodiversidade, incêndios criminosos e do acirramento dos ataques aos povos indígenas, quilombolas e ribeirinhos/as. Assim como foi importante a reflexão sobre os impactos do investimento no agronegócio e nos agrotóxicos associado a  criminalização dos movimentos sociais. A crítica ao cenário e seus impactos deu o tom na fase de avaliação das ações do triênio com indicações de prioridade para a próximas gestões, reafirmando o compromisso com a continuidade das ações na perspectiva do Projeto Ético-Político do Serviço Social Brasileiro”, pontuou.

Josiane Soares, presidente do CFESS, enfatizou os desafios que o Encontro Nacional indica como prioridades para os últimos meses das gestões atuais (2017-2020) e para as próximas, que serão eleitas no próximo ano. Destacou ainda a realização do 16º Congresso Brasileiro de Assistentes Sociais (CBAS), que ocorrerá de 30 de outubro a 3 de novembro em Brasília (DF) (clique aqui e saiba mais).

“Foi assertivo o evento ter ocorrido na Amazônia, uma região com tantas lutas para assistentes sociais que aqui atuam, mas também para a população brasileira; aprovamos as alterações do Código Eleitoral e temos o desafio de promover um processo eleitoral de forma segura e transparente em 2020. Continuamos em nossas lutas!”, completou Josiane Soares.

A delegação do Cress/MT era composta pelos profissionais da base eleitos: Josiley Carrijo Rafael, Cassyo Andre Sonda, Marcelo da Silva Gonçalves e Inara Harum Koga Takahara. Além das conselheiras: Tatiana Lima da Costa Refosco, Suzi Mayara da Costa Freire, Renata de Paula Teixeira e Silbene Santana de Oliveira.

Assessoria de Imprensa do Cress/MT com CFESS – ÍconePress


publicado 13/09/2019 12:00 notícia