NOTA DO CRESS 20ª REGIÃO MT PELA GARANTIA DE UM PLANO DE IMUNIZAÇÃO UNIVERSAL, PÚBLICO E GRATUITO

A pandemia da Covid-19 em nosso país intensificou a crise do capital e a crise sanitária que já era uma realidade, ela desvelou o quão cruel é a desigualdade social brasileira, comprovada no perfil dos mortos em razão da Covid-19, tiveram efeitos em maior índice em negros e pobres, também estão sendo vítimas a população indígena. Em Mato Grosso, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES), já são mais de 200 mil casos de Covid e mais de 5.000 mil óbitos.

Muitos são os/as profissionais que vem atuando firmemente na garantia de serviços, programas e benefícios à população em situação de vulnerabilidade e no desenvolvimento de medidas para prevenir e mitigar riscos e agravos decorrentes da disseminação da Covid-19. Desta forma, essas/es profissionais estão diretamente expostos/as aos agentes transmissores do Covid-19 em seus espaços de atuação. Destacamos que o Serviço Social é uma profissão da área da saúde.

A garantia de vacinação contra a Covid-19 para toda a população brasileira pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é o caminho para o controle da pandemia. Muitas vidas já foram ceifadas, no entanto, ainda precisamos lutar pela não individualização do acesso à vacina, para que não se amplie ainda mais as desigualdades.

O Conjunto Cfess-Cress (Conselho Federal de Serviço Social e Conselhos Regionais de Serviço Social), vem debatendo os desafios na luta em defesa do SUS e da vacinação na pandemia. Recentemente, o Cfess aderiu à campanha “Abrace a Vacina”, promovida pelos Direitos Já! Fórum pela Democracia e pela Frente pela Vida, que já conta com a adesão de mais de 200 entidades, na luta pela vacinação ampla da população e contra a desinformação (fake news) e o negacionismo antivacina.

Entendemos que este momento é desafiador e requer de nós a busca de novos padrões de sociabilidade e de proteção social, sobretudo no pós-pandemia. Precisamos reforçar a defesa dos direitos e a defesa intransigente da vida, que o plano de vacinação em sua questão prioritária, mas não exclusiva, esteja consoante com os critérios científicos, epidemiológicos e também sociais.

O CRESSMT ao defender a garantia da vacinação para toda a população está assumindo um dever ético. Defendemos que o Sistema Único de Saúde – SUS, possa garantir acesso universal, público e gratuito à vacinação como meio fundamental de redução e controle do contágio pela doença e prevenção de novos óbitos.

Conselho Regional de Serviço Social 20ª Região MT – Gestão “É na luta que a gente se encontra” – Triênio 2020-2023


publicado 05/02/2021 15:46 notícia