Sexta-feira é dia de greve geral em todo o Brasil!

As votações da reforma da Previdência (Proposta de Emenda à Constituição nº 287/16), da reforma trabalhista e de outras contrarreformas propostas pelo governo ilegítimo de Michel Temer estão atualmente na pauta do Congresso Nacional. Na próxima semana, celebra-se o Dia Mundial do/a Trabalhador/a, mas a realidade que se coloca pede uma resposta de luta e resistência de trabalhadores e trabalhadoras do Brasil, a exemplo da greve geral que ocorrerá nesta sexta-feira, 28 de abril.

A hora é de ir para as ruas mostrar a indignação e organização coletiva da classe trabalhadora na luta em defesa dos direitos de todos/as os/as trabalhadores/as. Em todo o Brasil, profissionais de diversas categorias vão parar e o CFESS marcará presença na mobilização em Brasília (DF).

Os protestos previstos para o dia 28 são organizados por movimentos sociais e centrais sindicais que, juntas, representam mais de 10 milhões de trabalhadores/as. “O CFESS convoca a categoria de assistentes sociais a se somar às atividades de mobilização e paralisação em todo o Brasil, reafirmando o compromisso ético-político da defesa intransigente dos direitos conquistados historicamente pela classe trabalhadora brasileira”, enfatiza o presidente do Conselho, Maurílio Matos.

Participe das atividades em sua cidade! Entre na luta contra a reforma da previdência, contra a reforma trabalhista e contra todos os ataques do governo ilegítimo de Temer contra os direitos de trabalhadores e trabalhadoras!

Leia a nota do CFESS contra a reforma da previdência

CFESS se manifesta sobre a aprovação da terceirização

Tags:

publicado 27/04/2017 9:10 notícia